ARRECADAÇÃO SOMA R$ 105,8 BILHÕES E BATE RECORDE PARA MESES DE ABRIL

O governo federal arrecadou R$ 105,8 bilhões em abril com impostos, contribuições federais e demais receitas, como royalties (pagamentos pela exploração de recursos naturais). O valor representa um novo recorde histórico para o mês, segundo a Secretaria da Receita Federal. A série histórica começou em 1985 para todos os meses, mas, em valores corrigidos pela inflação, teve início em 2003.

  • Até o momento, o maior valor
    já arrecadado em meses de abril havia
    sido em 2013

Em comparação com abril do ano passado, a arrecadação registrou aumento real de 0,93%. Até o momento, o maior valor já arrecadado em meses de abril havia sido em 2013: R$ 104,9 bilhões (total já corrigido pela inflação).

Acumulado do ano
Nos quatro primeiros meses de 2014, segundo o Fisco, a arrecadação federal também bateu recorde histórico, ao totalizar R$ 399,3 bilhões. Na comparação com o mesmo período de 2013, o crescimento real foi de 1,78%.

Em termos nominais – ou seja, sem a correção pela inflação dos valores arrecadados no mesmo período de 2013 –, a arrecadação cresceu R$ 28,86 bilhões nos quatro primeiros meses deste ano. Assim, o crescimento foi contabilizado com base no que efetivamente entrou nos cofres da União.

O secretário-adjunto da Receita Federal, Luiz Fernando Teixeira Nunes, declarou que a previsão de alta real da arrecadação para todo o ano de 2014, que era de 3% a 3,5%, deve ficar mais próxima de um crescimento (acima da inflação) de 3%. Segundo Nunes, houve compensações do Imposto de Renda (IR) no início do ano e queda do recolhimento da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) em abril, por conta de vendas menores de produtos e serviços – fatores que não estavam previstos.

Esta entrada foi publicada em Mercado Financeiro. ligação permanente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>